segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Ossos do Ofício

É com grande satisfação que a FUNCAJU inicia a partir de 31 de agosto, esta terça-feira, o programa Ossos do Ofício.

O Ossos do Ofício é um programa voltado para promoção de palestras e debates semanais, com temas relacionados, prioritariamente, a educação, arte, cultura e cidadania.
O programa visa o fortalecimento do mercado cultural e sua sustentabilidade, reconhecendo produtores, agentes e formadores de bens culturais como mola propulsora da economia da cultura, além da inserção de estudantes de escolas públicas e de universidades nos debates.
A cada terça-feira, das 19 às 21 horas, será realizada na Escola de Artes, uma palestra aberta a comunidade em geral, onde seu raio de ação busca trazer para estes debates estudantes e agentes culturais, estimulando professores a levar seus alunos para assistirem as palestras e utilizarem em sala de aula os vídeos que serão feitos a cada dia e exibidos no blog da Funcaju e Prefeitura.

Próximas palestras:
31-08 | Folclore e contemporaneidade | Msc. Messalas Santos (Mestre em sociologia - UFS)
14-09 | Economia da Cultura | Profª Drª Verlane Aragão (Professora do departamento de economia da UFS)

As palestras/debates serão relizadas na Escola e Oficina de Arte Valdice Teles, às terças-feitas, às 19 horas - Av. Pedro Calasans, 737, Bairro Cirurgia.

Para maiores informações:
Telefone:3179-3695
twitter: @funcajucultura
Blog: http://funcajucultura.blogspot.com/
Secretaria de Estado da Cultura
tel:(79)3179-1924

sábado, 28 de agosto de 2010

O Portal do Som (3) - Sergipe para exportação

Zezito de Oliveira · Aracaju, SE

MÚSICA SERGIPANA TIPO EXPORTAÇÃO
Mais uma noite de puro deleite estético/musical em 2010, vivida por mim, juntamente com muita gente “bonita” como disse uma das pessoas que nos acompanhou na Cantoria, organizada pelo grupo de forró Casaca de Couro no restaurante O Paiol em uma noite de sexta-feira (20/08).

O time bem escalado para aquela noite, foi composto de quatro violeiros sergipanos: Muskito, Sena, Joaquim Ferreira e Nino Karvan, participaram também o poeta popular João Brasileiro, o percussionista Tom Toy e os violeiros convidados Josino Medina (Vale do Jequitinhonha), Dinho Oliveira (Vitória da Conquista) e Paulinho de Jequié.

Uma apresentação que me chamou a atenção foi a do cantador do vale do Jequitinhonha, Josino Medina, que trouxe algumas modinhas e toadas, inclusive das folias de reis e a de Nino Karvan, que trouxe um toque urbano, agregando novidade ao estilo. Momento emocionante foi todos juntos cantados clássicos como Romaria (Renato Teixeira) e Cio da Terra (Chico Buarque e Milton Nascimento).

Leia mais em:

http://www.overmundo.com.br/overblog/o-portal-do-som-3-sergipe-para-exportacao

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Manos e Minas: Salve geral!!!

Uma audiência pública em favor do programa está marcada para o próximo dia 24, terça-feira, e contará com shows e manifestações culturais
20/08/2010 - fonte: http://www.brasildefato.com.br

Manos e Minas moblizados por seu espaço na TV

As mobilizações contra o fim do programa “Manos e Minas” da TV Cultura continuam. Uma audiência pública está marcada para o próximo dia 24, terça-feira, às 19 horas , em frente à Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo.

Para a audiência pública estão programadas manifestações culturais em apoio ao programa, além dos shows com Max B.O, Emicida e Kamau. No local também serão recolhidas assinaturas para o abaixo-assinado em favor do “Manos e Minas”.

A decisão de retirar o programa, que ia ao ar aos sábados pela TV Cultura, da grade de programação da emissora foi anunciada no início de agosto pelo presidente da Fundação Padre Anchieta, João Sayad.

O programa existia há cerca de três anos e apresentava, além da música hip hop, matérias direcionadas à juventude das periferias, com temas como gravidez na adolescência, violência nas escolas, crescimento do consumo do crack e autoestima da população negra. Ao todo, foram 93 programas e 93 apresentações de diferentes artistas.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

*Bilheteria Zero para o Stallone*

Leiam e se concordarem, repassem para suas listas...

Foi com tom de deboche e fazendo piadinhas de mau gosto que Sylvester Stallone
falou sobre a filmagem no Brasil do filme Os mercenários, do qual é diretor,
durante a feira Comic-Con 2010, em San Diego. Podiamos matar pessoas, explodir
tudo, e eles (os brasileiros) ainda diziam obrigado, disse o ator, afirmando que
os produtores tiveram aqui liberdade para gravar sequências mais agressivas,
usar armas mais perigosas e até destruir propriedades. E ele ainda debochou da
hospitalidade, dizendo que os brasileiros agradeciam e ainda ofereciam um
macaco para eles levarem para casa.
Os brasileiros estão indignados com as declarações de Silvester Stallone! Munido
de arrogância ,prepotência e preconceito esse
atorzinho que ganha rios de dinheiro sem usar o cérebro viu-se no direito de
denegrir a imagem do nosso país em um evento nos Estados Unidos. Após ter sido
extremamente bem recebido no Rio de Janeiro, retribuiu com uma tirada de sarro
com a cara de cada brasileiro. Dia 13/08 será o lançamento do filme Os
Mercenários cujo título tem tudo a ver com a filosofia de vida dos americanos.

*A idéia é a criação de uma corrente para provocar bilheteria zero, nesse dia,
no Brasil.*

Afinal de contas, o que ganharemos em assistir tal filme recheado de violência e
de atuações medíocres? O cinema brasileiro produz
filmes infinitamente melhores a partir de roteiros inteligentes e temas que
levantam discussões acerca do comportamento humano, diferenças sociais, humor
etc. Precisamos dar uma resposta a tais declarações mostrando ao mundo que não
há mais lugar para o preconceito. Por favor, passem adiante esse e-mail.

Também participam dessa máquina de fazer dólares, Arnold Schwarzenegger, Bruce
Willis e outros brutamontes. Os caras quiseram fazer filme sobre uma
republiqueta e vieram fazer aqui no Brasil - como se aqui fosse a própria casa
da mãe Joana.

http://www.jornalistanata.blogspot.com/
Follow me on Twitter
http://twitter.com/jornalistanata

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Secult e Itaú Cultural realizam curso de políticas públicas e gestão cultural

Realizar uma capacitação introdutória para agentes e gestores no setor da cultura, esse é o objetivo principal do curso de políticas públicas e gestão cultural, que pretende fazer com que gestores municipais e produtores possam lidar melhor com as especificidades da administração pública e compreender as diversas demandas culturais e seus novos desafios. Foi pensando nisso que a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e o Observatório Itaú Cultural realizarão nos dias 03, 04, 11, e 18 de setembro, o curso de políticas e gestões culturais em Aracaju. No primeiro dia de curso, haverá uma aula inaugural com a presença do presidente do Itaú Cultural, Eduardo Saron.

A secretária de Estado da Cultura, Eloísa Galdino, destaca a importância de trabalhar as políticas públicas e gestão cultural em Sergipe, uma vez que o estado possui uma diversidade muito grande de grupos que trabalham nesta área. “A gestão da cultura exige cada vez mais competências na articulação de conhecimento dos contextos culturais com os pressupostos da administração, da produção, da economia e das políticas. Para que haja a formação de quadros profissionais, com embasamento teórico e capacidade de intervenção em realidades locais, é fundamental que haja investigação de qualidade e gestão especializada, e foi pensando nisso, que a Secult e o Itaú Cultural elaboraram esse curso, que visa ampliar e fomentar a visão empreendedora dos grupos, além de atender às demandas dos nossos gestores e agentes culturais”, ressaltou.

Este encontro visa reunir um conjunto de profissionais, professores e pesquisadores, reconhecidos em todo o país, para apresentar um panorama das diversas abordagens da gestão: políticas culturais e desenvolvimento humano, políticas públicas, produção cultural, sistemas de financiamento, leis de incentivo e economia da cultura, aos gestores sergipanos.

Serão ofertadas 100 vagas para gestores de cultura do estado de Sergipe, técnicos de instituições parceiras da Secult, gestores do governo do estado, professores, estudantes recém-formados e pós-graduandos da área de cultura, representantes das secretarias e dirigentes de cultura da capital e do interior.

O programa do curso está estruturado em cinco módulos, distribuídos em cinco finais de semana. Durante cinco sábados consecutivos, nos períodos da manhã e tarde, serão convidados 11 profissionais, entre professores e gestores culturais, e representantes do governo federal da área cultural, para ministrar aulas expositivas e apresentar suas experiências de gestão cultural, seja em instituições públicas ou privadas.

As inscrições para o curso podem ser feitas no site do Divirta-SE: http://www.divirta.se.gov.br
a partir do dia 11 de agosto.
Confira a programação completa do curso.


Secretaria de Estado da Cultura
tel:(79)3179-1924

Mostra Brasil Juventude Transformando com Arte


A Mostra Brasil Juventude Transformando com Arte chega a sua terceira edição reafirmando parcerias e conquistando novos apoios. São diversas empresas e organizações que compartilham de um mesmo pensamento e acreditam na potência da arte para gerar transformação social.

A Mostra será realizada entre os dias 22 e 26 de agosto e envolve três noites de espetáculos gratuitos, além de um seminário, oficinas e vistas de intercâmbio. Nesta edição, o evento renova o patrocínio da Light/Secretaria de Cultura, Lei do ICMS e da Vale/Ministério da Cultura, Lei Rouanet, e conta também com o copatrocínio da Sabesp-Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo/Lei Rouanet, com o apoio da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.

Empresas como a Rede Globo, o Canal Futura, a produtora Publytape e WTN (Web Television Network), presentes desde a 1ª. edição da Mostra, colaboram mais uma vez na divulgação de vinhetas nos programas de televisão e na edição de filmes publicitários. O Teatro Municipal Carlos Gomes cede o seu espaço para as apresentações de grupos artísticos provenientes de cidades espalhadas por todo o Brasil. E o IBOPE fará, durante as três noites de espetáculo, uma pesquisa com os participantes e espectadores a fim de conhecer o perfil da platéia e sua percepção em relação ao evento. Destacam-se, ainda, o SEBRAE-RJ, a Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, o Observatório de Favelas – Agência Imagem do Povo e o Grupo Cultural Afroreggae.

A 3ª. Mostra Brasil comemora, também, a chegada de novos parceiros, como a Casa de Rui Barbosa, onde será realizado, no dia 24 de agosto, o 30. Seminário Juventude, Cultura e Desenvolvimento; o Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, que cedeu suas instalações para a realização das oficinas, que são oferecidas aos participantes da Mostra; o Centro de Referência Cultura Infância – Teatro Municipal do Jockey; Citycol; Nós do Morro; Palavra Assessoria em Comunicação; Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro; Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, que apoiou a vinda de três grupos que se apresentam nos espetáculos; Universidades das Quebradas do Programa Avançado de Cultura Contemporânea (PACC-UFRJ) e Prefeitura Municipal de Miracema - Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer.

Sobre o Programa Juventude Transformando com Arte:
Criado em 2005, pelo Centro de Estudos de Políticas Públicas (CEPP), o Programa compreende ações que visam contribuir para a identificação, o fortalecimento e a divulgação de grupos e organizações que trabalham com a arte e a cultura, envolvendo jovens, com foco na transformação social.

Principais ações e resultados do Programa:
- Mapeamento de Experiências Sociais com Arte e Cultura (Nordeste – 2007 e Sudeste ES, SP e RJ – 2009/2010)
- Mostra Brasil Juventude Transformando com Arte (2006, 2008 e 2010)
- Revista Juventudearte (2007 e 2009)
- Revista Mapa da Mina (resultados mapeamento São Paulo, 2010)

Sobre o CEPP:
Fundado em 1991, o CEPP é uma instituição sem fins lucrativos, que atua em formulação, pesquisa, avaliação e acompanhamento de políticas públicas e projetos sociais, em especial nas áreas de educação, cultura, juventude, saúde, desenvolvimento local, responsabilidade social e gestão municipal.

Leia mais em:
http://www.juventudearte.org.br/3mostra/seminario3.html

domingo, 8 de agosto de 2010

Mais Editais

Até o dia 31 de agosto, estão abertas as inscrições para o Edital de Inscrição de Projetos da Área Cultural dos Correios, que disponibilizará um total de R$5.480.000,00 para projetos nas áreas de dança, teatro, artes integradas, literatura, audiovisual e música.

Participe!

Saiba mais em http://www.correios.com.br/institucional/conheca_correios/acoes_culturais/esp_cult_rj/patrocinio/Conteudo/edital.cfm?edital=Cultural

fonte: Secult-SE

Lançamento do 4º Edital Cultural Votorantim
Fonte: Blog Acesso

Tem início, hoje, o edital de seleção de projetos culturais do Instituto Votorantim. A partir dessa matéria, iniciamos uma série de posts que vão ajudá-lo a entender melhor o funcionamento dos editais de cultura e os detalhes desse processo.

O Instituto Votorantim realiza periodicamente editais públicos para selecionar projetos na área cultural, com a intenção de ampliar e qualificar o acesso de jovens, entre 15 e 29 anos, à cultura. Desde 2006, mais de 100 projetos foram apoiados e 1,7 milhão de jovens beneficiados. “Temos observado, desde o primeiro edital, um aumento na qualidade dos projetos, que apresentam ações mais efetivas de democratização cultural e articulação local, principalmente em parceria com a rede escolar”, afirma o gerente de Pesquisa e Desenvolvimento do Instituto Votorantim, Rafael Gioielli. “Agora, em 2010, pretendemos ampliar ainda mais esses números e a qualidade de nosso incentivo. O processo de seleção pública é uma ótima oportunidade para mapearmos novos parceiros em todas as regiões do País, fortalecendo a diversidade de nossa atuação cultural”, acrescenta.

“O edital está aberto para pessoas físicas e jurídicas, de projetos de pequeno a grande porte, em todas as áreas culturais – cinema, vídeo, literatura, música, patrimônio, artes visuais e cênicas”, comenta o Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento do Instituto Votorantim. O que se espera são ações que estimulem a vivência cultural, desenvolvam senso crítico e produzam jovens multiplicadores da cultura. Quanto à questão legal, é necessário que os projetos estejam inscritos no Programa Nacional de Apoio à Cultura – Pronac para que a captação dos recursos seja feita por meio da Lei Rouanet ou da Lei do Audiovisual.

A novidade dessa edição, é a categoria Acessibilidade que reforça a importância da inclusão e formação cultural de jovens com deficiência ou mobilidade reduzida. Do total de R$ 3 milhões que serão investidos no edital, até R$ 1 milhão será destinado à categoria. “É preciso investir em projetos que diminuam as barreiras simbólicas, econômicas e físicas que dificultam o acesso às artes e que, no caso de jovens com deficiência, são ainda mais complexas”, afirma Gioielli.

O blog Acesso está apiando a realização do 4º Edital Cultural Votorantim, mas não é responsável direto desse processo. Há uma equipe coordenando o Edital, que poderá esclarecer com mais detalhes suas dúvidas. Você poderá efetuar a inscrição do seu projeto, esclarecer dúvidas na página exclusiva, e também conhecer o resultado da seleção no dia 11 de novembro.

Não deixe de participar!

Fique atento às datas:
Início das inscrições: 03 de agosto de 2010
Término das inscrições: 17 de setembro de 2010, às 18h
Divulgação dos resultados: 11 de novembro 2010
Inscrições, dúvidas e regulamento: http://www.blogacesso.com.br/selecaodeprojetos